Como a queda histórica da Selic afeta o crédito imobiliário?

6 minutos para ler

Em meio a pandemia, a guerra dos bancos pode facilitar a vida de quem quer investir em imóveis

Apesar do momento que o mundo está vivendo, investir em imóveis segue sendo um excelente negócio e as compras de alto padrão seguem em altas e grande procura. Essa é uma maneira de ter retorno garantido e ainda conquistar um bem durável.

Especialistas apontam que esse crescimento se deve porque o mercado brasileiro de imóveis de luxo tem algumas características únicas pois independe do crescimento do país e, de tempos em tempos, é comum apresentar forte expansão inclusive com os indicadores econômicos no caminho oposto. 

A crescente mudança nos modelos de trabalho e o aumento do home office também fizeram crescer a busca por imóveis no campo ou no litoral,  com forte impacto no segmento de luxo, a procura por imóveis desse tipo cresceu mais de 60% durante a pandemia.  

Benefícios de morar no litoral

A vida próximo ao mar possui inúmeras vantagens e, quem vive essa experiência, dificilmente quer voltar para os centros urbanos. Ter a praia como quintal de casa é o sonho de muitas pessoas e traz enormes benefícios no dia a dia. 

Entre os muitos motivos que levam as pessoas a fazer essa escolha estão o ar puro, menos estresse, contato com o mar e o sol, mais probabilidade de fazer atividades físicas, fonte de inspiração diária, aumento do senso de sustentabilidade e muitos outros. E não é apenas impressão, existem estudos científicos que comprovam e correlacionam o bem-estar físico e emocional com o contato diário com o mar. 

Existe uma pesquisa da Nova Zelândia, por exemplo, que concluiu que quem mora perto da praia e consegue aproveitar os benefícios do mar melhora o nível de humor, diminui o estresse e se torna muito mais feliz! 

Além disso, o ambiente agradável e próximo à natureza incentiva a prática regular de exercícios, que são fundamentais para manter uma vida saudável. Isso acontece porque as opções são enormes, como caminhadas, corridas, treinos funcionais, surf, yoga, entre outros.

Balneário Camboriú como opção para investimento

Você já deve ter percebido que morar próximo ao mar faz bem tanto para o corpo quanto para a mente. E Balneário Camboriú possui todas essas qualidades com um ar de interior e toda estrutura de uma grande cidade.

O município está entre as melhores cidades para se viver no país e basta visitar a orla para entender a razão. Para chegar a uma cidade com bons índices, existem alguns cálculos que são feitos desde 1993 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que analisa a qualidade de vida em todos os países utilizando critérios que compõem o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), e elenca as nações em um ranking. O IDH pode ser definido como uma métrica que se baseia nos indicadores de longevidade (expectativa de vida), renda (PIB per capita) e educação (taxa de matrícula e alfabetização).

A medição tem uma variação de 0 até 1, sendo que os locais com índice acima de 0,800 são considerados acima da média. O Brasil possui um IDH de 0,699 e está na 73ª posição no ranking mundial. Já a Noruega é o primeiro País da lista, com IDH de 0,944. Enquanto isso, Balneário Camboriú é considerada um dos lugares mais seguros do país, possui IDHM final de 0,845 e um índice de longevidade de 78 anos.

Taxa Selic facilita o investimento imobiliário

Depois de você entender as razões de investir em um imóvel no litoral e porque Balneário Camboriú deve estar entre suas opções, é importante entender porque o cenário atual está facilitando a aquisição de imóveis e possibilitando a realização do sonho de muitos brasileiros.

Antes de falar sobre o cenário atual, é importante explicar o que é a Taxa Selic. Resumidamente, a Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia) é a taxa básica de juros, um índice pelo qual todas as taxas cobradas pelos bancos no país se referem. Ela é utilizada nos empréstimos feitos entre os bancos e também nas aplicações realizadas em títulos públicos federais.

O que está acontecendo é que a concorrência entre os bancos, a forte pressão para a redução das taxas de crédito imobiliário, os recentes movimentos da Caixa Econômica Federal (CEF), as novas opções do Itaú Unibanco e a nova queda histórica da taxa Selic, de 3,75% para 3% ao ano, anunciada pelo Copom, estão facilitando financiamentos imobiliários. 

A nova Selic que está em 3% ampliou para 4,51 pontos percentuais a sua diferença em relação à taxa média de crédito imobiliário praticada pelos grandes bancos, que está em 7,51%. Em 2019 essa diferença era de 2,56 pontos percentuais, quando a média de juros praticados estava em 7,56% e enquanto a Selic marcava 5%.

Esses números mostram que quem estava se preparando para comprar um imóvel, seja para morar ou para investir, e possui uma reserva financeira para manter os planos, hoje as condições de financiamento são vantajosas e há muitas oportunidades a serem avaliadas, incluindo as novidades nas diferentes linhas (taxas corrigidas pela TR, pelo IPCA e ainda prefixadas). Além da queda da Selic, o Brasil apresenta ainda um cenário de baixa rentabilidade da poupança e da renda fixa, alta volatilidade no mercado de ações e subida dos preços dos imóveis em ritmo abaixo da inflação.

A cada 1% a menos na taxa de juros de financiamento, mais de 2,8 milhões de pessoas podem comprar imóvel, de acordo com os dados do Minha Casa Minha Vida, programa do Governo que oferece assistência na compra do primeiro imóvel de famílias carentes. Por isso, como a Selic impacta diretamente a taxa de financiamento imobiliário, sua queda torna mais fácil comprar a casa própria, pois essa é a taxa de juros mais importante da economia brasileira e também a de menor valor.

Se você quer investir, fale com a gente

Esse é um momento propício para investir em imóveis e estamos aqui para te ajudar em todo o processo. Seja para morar no litoral ou investir em uma cidade em expansão, a Salute conta com as melhores oportunidades e o melhor atendimento.

Entre em contato e surpreenda-se com o que temos para te oferecer!

Posts relacionados

Deixe um comentário